Abr 29 2016

Acabado de chegar: PASS INT-250

 

IMG_2396

 

IMG_2404O PASS INT-250 e o INT-60 são as últimos lançamentos à linha de produtos da Passlabs, e uma estreia em Portugal.

Depois de pegar nos seus dolorosos 48kg, está na altura de começar a rodagem. As fotografias não fazem muita justiça à beleza do acabamento nem do seu tamanho. Como toca? É cedo para dizer mas acabado de sair da caixa já delicia.

 

 

IMG_2399

Ao lado do Creek OBH-15

Especificações:

Ganho 29/35dB
Potencia: 250/500W (8/4 ohm)
Pura Classe A até aos 15W
Dimensões: 48 x 23 x 54 cm
Peso: 48kg
 

 

Abr 27 2016

Highend na VilaSound – Raidho, V-Acoustics e Monitor Audio Platinum II

 

Nas próximas semanas não perca a oportunidade de ouvir as Raidho D1.1 (colunas monitoras) e as novas Monitor Audio PL200 II.

IMG_2386

O sr Delfin Yanez (Delaudio) tirou um mes de férias e enviou grande parte da Delaudio para a VilaSound. As D1.1 e as PL200II “encaixam” aqui na perfeição e são autenticos tomba-gigantes do highend audio. As PL200 II são monstros de dinamica, impacto e definição – Uma experiencia inesquecível.

As Raidho D1.1 são capazes de mudar a nossa definição de “som highend” pois são capazes de uma precisão temporal, definição e ausencia de distorção que estabelecem novas referencias nas nossas gravações preferidas. São imbatíveis em mostrar a qualidade artística dos interpretes.

 

Monitor Audio PL200 II

mapl200Resposta: 35Hz-100kHz
Sensibilidade: 90dB
Impedancia nominal: 4ohm
Impedancia mínima: 4ohm
Amplificação recomendada: 100-250W (RMS)
Dimensões: 1043 x 360 x 375mm
Peso: 36kg

PVP: 8799€

 

Raidho D1.1

raidhod11

 

Resposta: 50Hz-50kHz
Sensibilidade: 85dB
Amplificação recomendada: >50W
Dimensões: 200 x 360 x 410mm
Peso: 12.5kg

PVP: 15600€

 

 

 

 

 

 

IMG_2391Juntámos ao Esoteric K-07x o relógio (Master Clock) V-Acoustics VA MCLK 01.

Fabricado em Portugal por portugueses, o VA MCLK permite estabilizar o sinal de clocking com ultra-precisão. Neste caso, sendo um sinal mais estável do que o interno do Esoteric K-07 (e provavelmente mais estável do que o sinal interno de qualquer leitor do mundo), o transporte e conversão digital da música é feita com muito maior rigor temporal. O resultado: o melhor mesmo é vir cá experimentar pois por mais que eu descreva vai soar sempre exagerado (“como é que um “relógio” pode fazer tanta diferença?”).

 

O VA MCLK a ajudar o Esoteric K-07x, e as Raidho D1.1 amplificadas pelo fiel GamuT Di150 resultam num sistema de referencia capaz de se superiorizar a muitos sistemas incrivelmente mais caros, pelo menos para o meu ouvido.

 

 

 

 

 

 

Abr 19 2016

Comparativo amplificadores 2000-3000€

O trabalho para a tarde de hoje foi comparar estes amplificadores:

IMG_2379

 Roksan M2, Plinius Inspire 980, Hegel H160, Synthesis Roma 753AC, Primare A34.2

 

…a tocar com as novas Dynaudio Excite X38:

IMG_2380Especificações:

3 vias
Sensibilidade:88 dB (2,83 V/1 m)
IEC Power Handling:>250 W
Impedancia: 4 Ohms
Freq Resp:34 Hz – 23 kHz Bass Reflex Rear Ported Peso: 23,0 kg
Dimensões: 20x102x30cm

PVP: 3000€

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As colunas, como já me habituou a Dynaudio, são excelentes. Qual foi o amplificador eleito? Eu tenho um vencedor claro. Alguém adivinha?

 

Gustavo Rosa

 

Abr 13 2016

Em demonstração: Dynaudio Emit M20

 

Qual dos equipamentos mais me surpreendeu nos últimos tempos? As novas Dynaudio Emit M20!

dynaudioemitm20demo

Os fabricantes, e seus representantes, dão-me a conhecer regularmente as novidades das suas marcas. Tenho pena que a Dynaudio tenha demorado tanto a chegar às minhas mãos! É um fabricante já com muitos anos e tradição na alta-fidelidade e que se orgulha de produzir todo o equipamento, “até os parafusos”, nas suas instalações na Dinamarca. Já conheço por isso o nome Dynaudio há muitos anos mas sempre tive algumas dúvidas (ou preconceito?) em relação às suas colunas pois exibem quase todas baixa sensibilidade (+/-86dB) enquanto que a tendencia, para a obtenção de um som vivo e dinamico, tem sido de maior sensiblidade (+/-90dB).

Na verdade, já as belíssimas Scansonic me demonstraram que colunas de baixa sensibilidade não obrigam a ter amplificação muito mais potente do que o normal, e não sacrificam a dinamica. As Dynaudio Emit M20, apesar de monitoras, conseguem encher bem a sala 2 com um som bem encorpado e com uma claridade a baixo volume completamente fora do normal para este preço. Outra coisa que surpreende é a baixa distorção a altos volumes. Elevando o volume a níveis ridículos, possivelmente perigosos para ouvido, a coluna mantém perfeitamente a compostura. A prova de que não precisam de muita potencia, é que conseguia elevar o volume a níveis altíssimos apenas com 2x75W do Hegel H80. Conviveria perfeitamente com este conjunto.

Com o Rogério (Smartaudio) costumo fazer um teste em que eu tento adivinhar o preço do produto apenas com o teste. Acreditem que normalmente acerto ou ando muito perto. Desta vez disse que as colunas deviam custar 1200-1500€ (e seriam boas neste preço). O Rogério riu-se… Custam 700€ PVP.

 

dynaudioxeo2Depois testámos também as novas XEO 2 que me surpreenderam igualmente. São colunas amplificadas com entrada digital ótica, Bluetooth e entrada analógica. Comunicam entre elas através de radio-frequencia e por isso apenas precisam de um cabo de alimentação para cada uma. Por 1300€ terei dificuldade em montar um sistema hifi com esta qualidade comprando colunas e amplificador separados.

Podem ser adquiridas com um suporte próprio para as colocar em cima do móvel o que é uma solução para muita gente que tem móveis largos ou não quer colocar colunas/suportes no chão.

 

 

 

 

Abr 05 2016

SORTEIO ATLAS CABLES

 

Habilite-se a ganhar prémios Atlas Cables!atlaslogo

No dia 30 de Julho iremos sortear dois prémios Atlas Cables de alta qualidade. Conheça as condições:

 

 

 

1º Prémio: Cabo de coluna Atlas Hyper 3.5

atlashyper35Material condutor: Cobre OFC
Dielétrico: Teflon
Capacitancia: 72.72 (pF/m)
Resistencia: 0.0055 (ohm/m)
Inductancia: 0.52 (µH/m)

Comprimento: 2×2.0m

PVP: 428€

 

2º Prémio: Cabo de interconexão Atlas Equator Integra MKIII

atlasequatorrcaMaterial condutor: Cobre OFC
Dielétrico: PEF
Capacitancia: 53.27 (pF/m)
Resistencia: 0.027 (ohm/m)
Inductancia: 0.40 (µH/m)

Comprimento: 1m

PVP: 107€

 

 

Para se habilitarem ao primeiro prémio deverão fazer uma compra de qualquer produto Atlas. No dia 30 de Julho iremos sortear o número da fatura com um produto Atlas. Para se habilitarem ao segundo prémio apenas terão de se deslocar à VilaSound e receber um número de sorteio.

Participe!

 

Mar 11 2016

Atlas Cables – Agora disponíveis na VilaSound, Som & Imagem

Os cabos Atlas estão finalmente disponíveis na VilaSound.

atlaslogo

A Atlas Cables oferece uma extensa variedade de cabos para as diversas aplicações Audio e Video e para diversos tipos de preço.

 

atlasasimiultrarcaatlashyper20speakeratlaseosmodular6Destaco a elevada qualidade de construção desde a gama mais baixa até, obviamente, à mais alta.

 

 

 

Mar 02 2016

Audioshow 2016 – Report

AudioshowSábado, dia 27 de Fevereiro, fui ao Hotel Pestana visitar o Audishow 2016, organizado pela revista Audio – Cinema em Casa.

A exposição estava espalhada um pouco por todo o magnífico Hotel Pestana Palace, e graças à ala do Piso 1, senti que os corredores e elevador estavam muito mais desafogueados do que em edições anteriores. No geral qualifico o Audioshow 2016 como um sucesso, tendo em demonstração sistemas verdadeiramente incríveis e sem tanta confusão como já senti anteriormente.

 

Apesar de ter passado mais de 5horas no evento, não consegui visitar todas as salas nem dedicar o tempo necessário para avaliar devidamente alguns dos sistemas. Para além disso, é muito importante não sobreavaliar os sistemas pois há ínumeras variáveis possíveis para os fazer tocar mal. Desde salas incompatíveis com o sistema a gostos musicais antagónicos. Com isto em mente, vou falar dos sistemas que mais me impressionaram. Os que não menciono talvez não tenha gostado, ou não tive oportunidade de encontrar um bom lugar para me sentar ou nem visitei.

Comecei pelo princípio, Piso Zero do edifício principal, que tinha uma paucaúnica sala, a da Pauca Sed Bona, expondo o sistema completo AVID HIFI. Tinha muitas expectativas em relação a este sistema, já que conheço bem o Avid Acutus Reference SP, seguramente um dos melhores giradiscos do mundo, a qualquer preço, amplificado por prés e amps AVID bem como uma estreia na colunas AVID, as Reference 3. Felizmente o sistema não me desiludiu. Mesmo com uma sala bastante peculiar, revestida a azulejos, e tornando o som mais “brilhante” o sistema revelava qualidades ao nível da musicalidade e precisão muito acima da média.

 

Stax1De seguida dirigi-me ao Piso 3, onde se encontrava um dos sistemas mais impressionantes que já ouvi: os STAX! Muito já tinha ouvido falado deles mas infelizmente nunca os tinha experimentado. Estavam disponíveis os seguintes conjuntos (amplificador +auscultadores):

SRS-2170 (SRM-252 + SR-207)
SRS-5100 (SRM-353X + SR-500)
SRM-006tS + SR-700

Já ouvi muitos auscultadores na minha vida, e tenho normalmente preferencia por auscultadores abertos, como é este caso, mas nunca tinha ouvido um sistema assim (especialmente os dois mais caros). Tive de fazer um esforço para os tirar! Mais tarde, testei vários auscultadores que estavam à porta da Sala da Ultimate Audio, e sem saber preços, para meu espanto, adorei especialmente uns… Pioneer. Vim a saber mais tarde que se trata de uma edição limitada com um PVP de 2500€(!), acolitados por eletrónica Audio Alchemy. Raios… o melhor tem mesmo tendencia para ser caro…

 

Delaudio3 ImacusticaNo resto do Piso 3 destaco o sistema da Delaudio, Imacustica e Zenaudio pela qualidade sonora.

A Delaudio tinha um Esoteric K-07 + Plinius P10 + Raidho X-1 + Rel T-9i.

A Imacustica tinha um conjunto Leitor CD e Amplificador Audio Research com as novas colunas Wilson Audio Sabrina.

zenaudioNa Zenaudio tinham dois conjuntos em que a fonte ficava maioritariamente a cargo de um Goldnote Favard com relógio atómico ligado por USB a um Macbook, bem como um Giradiscos Reed Muse 3C. A amplificação a cargo da Lyngdorf TDAI 2175 e Goldnote PA1175 e colunas Xavian Ambra e Orfeo.

Coincidencia ou não todos estes sistemas usavam leitor de CD, Giradiscos ou um cuidadoso setup USB-assíncrono. Os sistemas baseados em streaming parecem-me ainda não inteiramente à altura do mais alto nível.

Destaco ainda a vasta exposição da Supportview com uma gama alargada de Tannoy, Cambridge Audio e Pro-Ject. Estive também a analisar extensamente os pormenores de construção dos giradiscos e eletrónica Pro-ject que creio terem evoluido muito positivamente ao longo dos anos.

 

 

Desci e atravessei a rua para aceder às Cavalariças onde encontrei Delaudio2salas repletas de gente de sistemas de nível verdadeiramente superlativo. Destaco o sistema da Delaudio que apresentaram as novas Monitor Audio Platinium PL500, bem como o subwoofer REL 212SE e um novo relógio V-Acoustics. As colunas que eu conheço com esta envergadura e som custam habitualmente 80-200 mil€. Estas custam “apenas” 20 000€, com um som verdadeiramente completo a todos os níveis (escala, dinamica, precisão, definição). A reprodução de um orgão de igreja deixou-me siderado. De vez em quando o Sr Delfin desligava o relógio externo e a diferença é difícil de descrever. Aconselho a audição!

 

ajasom1Por fim voltei ao edifício principal mas desta vez visitei o Piso 1, onde comecei pelo fantástico sistema MBL e giradiscos Kronos, com subwoofers JL Audio. Quando entrei na sala apercebi-me imediatamente da sua invulgar e enorme qualidade, ao reproduzir um piano com um ataque, timbre e tempo muito acima da média do High-end.

 

Terminei com mais uma audição de auscultadores onde fiquei muito impressionado com os Oppo e os Pioneer SE-Master1.

 

Repito que algumas das salas nem consegui entrar e noutras não consegui avaliar devidamente a sua qualidade. Outras simplesmente não gostei mas não quer dizer que o material não tenha qualidade. Pode ser devido a muitos fatores.

Espero que os Audioshows continuem a trazer esta qualidade de organização e material demonstrado.

 

Gustavo Rosa

Jan 22 2016

Evento AVID

Já começou!

AVID (DIVA II SP + Sequel SP + Acutus Reference SP)
AVID Pulsare II
GamuT Di150
Scansonic MB2.5

 

AVIDSHOW

Jan 08 2016

Convite: Comparativo Giradiscos AVID 22-23Jan

Em pareceria com a Pauca Sed Bona, a VilaSound, Som & Imagem, irá realizar uma demonstração de giradiscos AVID HIFI, uma das marcas atualmente mais conceituadas no mundo da reprodução analógicas.

O evento irá contar com a presença de Conrad Mas, o “pai” da AVID HIFI.

 

AVIDshow2

 

O evento tem como principal objetivo, para além da publicitação da marca, demonstrar o que o melhoramento do chassis, e a consequente diminuição da vibração do giradiscos, impacta na reprodução sonora.

Teremos em demonstração vários modelos diferentes, do Ingenium ao Acutus, bem como o pré-phono AVID Pulsare II.

O horário pode ser alargado dependendo da disponibilidade dos interessados. Em caso de dúvida não hesite em contactar.

 

Gustavo Rosa & João Gouveia

Dez 23 2015

Férias Natal: 24Dez – 4Jan

A VilaSound, Som & Imagem deseja Boas Festas a todos os clientes, amigos e aficionados.
Aproveitamos também para informar que estamos fechados para descanso entre 24 de Dezembro e 4 de Janeiro.

 

xmas

 

 

 

Artigos mais antigos «